Floresta em casa

Plantas para apartamento

O conceito “Urban Jungle”‘ é tendência mundial e além de do tom decorativo, ajuda a melhorar qualidade do ar, altera o clima da sua casa, deixam os ambientes mais leves, diminuem o estresse do dia a dia e pode até deixar a temperatura dos cômodos mais fresca. 

Trazer a natureza para dentro de casa é consequência de uma rotina corrida, as plantas são fáceis de cuidar e conferem um aconchego de “lar”, além de deixar o local mais sofisticado.  Além de trazer vida à decoração, amplia o contato com a natureza e consequentemente a qualidade de vida. 

Não existem contras em ter plantas no apartamento, os benefícios físicos, mentais e decorativos são comprovados. O melhor de tudo é que elas precisam de poucos cuidados, não são caras e não demandam muito tempo. 

Luz, água e nutrição

É importante saber de três coisas: plantas se alimentam de luz, elas precisam de água e não menos importante amor e atenção para que elas se desenvolvam. 

Como elas não recebem muita claridade dentro de casa, precisam ser sempre adubadas. Porque você precisa que as plantas para apartamento tirem nutrientes de algum lugar. São necessários adubos foliar e na raiz, sempre.

Existem regras gerais básicas que podem ser seguidas para garantir a saúde delas:

  • Usar iluminação natural, essencial para que realizem a fotossíntese e produzam seu próprio alimento – sejam do tipo pleno sol, meia-sombra ou sombra. 
  • Além da incidência de luz natural, é importante que os espaços estejam sempre bem arejados. 
  • Prestar atenção para regar as plantas no tempo certo de cada uma. Normalmente, vem uma etiquetinha [quando você compra] explicando quais as necessidades da espécie. Algumas precisam ser molhadas todos os dias, mas leguminosas e cactos podem ficar até 10 dias sem água. Outra dica é pulverizar as folhas com a ajuda de um borrifador para criar a impressão de um ambiente úmido e deixá-las ainda mais vistosas.

Para um cuidado completo e garantir vida longa às suas plantinhas, é indicado também se atentar à adubação e ao tamanho do vaso. Na natureza, a raiz tem bastante espaço para crescer e a terra é cheia de nutrientes naturais. Se sua planta parou de crescer, é porque o vaso ficou pequeno e está na hora passar para um maior. Repor os nutrientes também é fundamental. O adubo deve ser reposto em intervalos de 3 a 4 meses para folhagens e de 2 a 3 meses para as que têm flores. As plantas de chão precisam de um vaso maior para se desenvolverem mais,enquanto as suculentas e plantas pendentes podem ser colocadas em qualquer tipo de base. 

Plantas e cômodos

Quarto e sala – Tanto folhagens para ambientes internos quanto flores são ótimas apostas para o quarto e a sala – e fazer um mix de estilos fica super interessante.Só não pode se esquecer que as flores não duram o ano inteiro, mas a planta segue viva e continua precisando de cuidados até que chegue a época de florir novamente.

Banheiro – Por ser um local geralmente pouco iluminado, é melhor pensar bem se quer enfeitar o banheiro com plantas. Tem que ter comprometimento para que elas durem mais tempo, o ideal é apostar em espécies que gostem de locais úmidos e prefiram luz indireta.

Cozinha – A cozinha fica ainda mais charmosa e completa com uma hortinha pessoal. O ideal é colocar no peitoril da janela para bater um sol direto e garantir longevidade.

Varanda – É um espaço que costuma bater bastante sol, então é melhor optar por plantas que gostem de luz direta – se a sua cozinha for muito escura, é mais seguro colocar a sua horta aqui. E, claro, caso a sua varanda tenha áreas com sombra e meia-luz, qualquer uma das outras plantas citadas acima são bem vindas. Também é legal fazer um rodízio com os vasos dos outros ambientes caso sinta que eles precisam passar um tempo em um local mais arejado e curtir um pouco de sol. 

Pets

Uma observação especial para quem tem gato ou cachorro!

Quando for escolher as suas plantas, sempre cheque se ela é tóxica para o bichinho. Além disso, pode ser que seu animalzinho curta revirar os vasos – o que gera dois desesperos: a planta destruída e o apartamento imundo. Nesses casos, nos ambientes por onde seu pet tem circulação livre quando está sozinho, é melhor colocar os vasos em locais elevados. Estantes, prateleiras e hangers ajudam nessa missão – e ainda enriquecem a decoração.

Para facilitar a vida de quem ainda não tem muita experiência, criamos uma lista de plantas que são fáceis de cultivar dentro de casa ou apartamento: 

Suculentas

 

Lança ou Espada de São Jorge 

 

Cactos e Mini Cacto 

 

Samambaias 

 

Árvore da Felicidade

 

Jiboia 

 

Orquídea

 

Cróton

 

Lírio da Paz 

 

Begônia

 

Bambu da sorte 

e para a sua hortinha particular…

  • Alecrim 
  • Orégano  
  • Manjericão 
  • Salsa 
  • Cebolinha 
  • Hortelã 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *