Floresta em casa

Plantas para apartamento

O conceito “Urban Jungle”‘ é tendência mundial e além de do tom decorativo, ajuda a melhorar qualidade do ar, altera o clima da sua casa, deixam os ambientes mais leves, diminuem o estresse do dia a dia e pode até deixar a temperatura dos cômodos mais fresca. 

Trazer a natureza para dentro de casa é consequência de uma rotina corrida, as plantas são fáceis de cuidar e conferem um aconchego de “lar”, além de deixar o local mais sofisticado.  Além de trazer vida à decoração, amplia o contato com a natureza e consequentemente a qualidade de vida. 

Não existem contras em ter plantas no apartamento, os benefícios físicos, mentais e decorativos são comprovados. O melhor de tudo é que elas precisam de poucos cuidados, não são caras e não demandam muito tempo. 

Luz, água e nutrição

É importante saber de três coisas: plantas se alimentam de luz, elas precisam de água e não menos importante amor e atenção para que elas se desenvolvam. 

Como elas não recebem muita claridade dentro de casa, precisam ser sempre adubadas. Porque você precisa que as plantas para apartamento tirem nutrientes de algum lugar. São necessários adubos foliar e na raiz, sempre.

Existem regras gerais básicas que podem ser seguidas para garantir a saúde delas:

Usar iluminação natural, essencial para que realizem a fotossíntese e produzam seu próprio alimento – sejam do tipo pleno sol, meia-sombra ou sombra. 

Além da incidência de luz natural, é importante que os espaços estejam sempre bem arejados. 

Prestar atenção para regar as plantas no tempo certo de cada uma. Normalmente, vem uma etiquetinha [quando você compra] explicando quais as necessidades da espécie. Algumas precisam ser molhadas todos os dias, mas leguminosas e cactos podem ficar até 10 dias sem água. Outra dica é pulverizar as folhas com a ajuda de um borrifador para criar a impressão de um ambiente úmido e deixá-las ainda mais vistosas.

Para um cuidado completo e garantir vida longa às suas plantinhas, é indicado também se atentar à adubação e ao tamanho do vaso. Na natureza, a raiz tem bastante espaço para crescer e a terra é cheia de nutrientes naturais. Se sua planta parou de crescer, é porque o vaso ficou pequeno e está na hora passar para um maior. Repor os nutrientes também é fundamental. O adubo deve ser reposto em intervalos de 3 a 4 meses para folhagens e de 2 a 3 meses para as que têm flores. As plantas de chão precisam de um vaso maior para se desenvolverem mais,enquanto as suculentas e plantas pendentes podem ser colocadas em qualquer tipo de base. 

Plantas e cômodos

Quarto e sala – Tanto folhagens para ambientes internos quanto flores são ótimas apostas para o quarto e a sala – e fazer um mix de estilos fica super interessante.Só não pode se esquecer que as flores não duram o ano inteiro, mas a planta segue viva e continua precisando de cuidados até que chegue a época de florir novamente.

Banheiro – Por ser um local geralmente pouco iluminado, é melhor pensar bem se quer enfeitar o banheiro com plantas. Tem que ter comprometimento para que elas durem mais tempo, o ideal é apostar em espécies que gostem de locais úmidos e prefiram luz indireta.

Cozinha – A cozinha fica ainda mais charmosa e completa com uma hortinha pessoal. O ideal é colocar no peitoril da janela para bater um sol direto e garantir longevidade.

Varanda – É um espaço que costuma bater bastante sol, então é melhor optar por plantas que gostem de luz direta – se a sua cozinha for muito escura, é mais seguro colocar a sua horta aqui. E, claro, caso a sua varanda tenha áreas com sombra e meia-luz, qualquer uma das outras plantas citadas acima são bem vindas. Também é legal fazer um rodízio com os vasos dos outros ambientes caso sinta que eles precisam passar um tempo em um local mais arejado e curtir um pouco de sol. 

Pets

Uma observação especial para quem tem gato ou cachorro!

Quando for escolher as suas plantas, sempre cheque se ela é tóxica para o bichinho. Além disso, pode ser que seu animalzinho curta revirar os vasos – o que gera dois desesperos: a planta destruída e o apartamento imundo. Nesses casos, nos ambientes por onde seu pet tem circulação livre quando está sozinho, é melhor colocar os vasos em locais elevados. Estantes, prateleiras e hangers ajudam nessa missão – e ainda enriquecem a decoração.

Para facilitar a vida de quem ainda não tem muita experiência, criamos uma lista de plantas que são fáceis de cultivar dentro de casa ou apartamento: 

Suculentas

 

Lança ou Espada de São Jorge 

 

Cactos e Mini Cacto 

 

Samambaias 

 

Árvore da Felicidade

 

Jiboia 

 

Orquídea

 

Cróton

 

Lírio da Paz 

 

Begônia

 

Bambu da sorte 

e para a sua hortinha particular…

– Alecrim 

– Orégano  

– Manjericão 

– Salsa 

– Cebolinha 

– Hortelã 

Decoração – Sala e cozinha integradas

Independente da metragem do imóvel, integrar ambientes é uma das melhores opções para deixar os cômodos sempre organizados e com amplitude.

Aproveitando ao máximo os espaços disponíveis de maneira eficiente, moderna, diversa, aconchegante e funcional.

A integração entre cozinha e sala é umas das tendências mais utilizadas em apartamentos para garantir versatilidade e equilíbrio. Hoje, este estilo de acomodação é o mais procurado por 85% dos consumidores, por trazer criar ambientes comuns com uma dinâmica simples, prática e interativa, uma vez que um ou mais cômodos estão agora unidos.

A assimilação entre cozinhas e sala é uma excelente opção para quem gosta de ambientes com estilo moderno e utilitário. Mas, para isso é preciso saber planejar esse ambiente com cuidado escolhendo os móveis, iluminação, cores, piso, balcão e até mesmo os eletrodomésticos  mais adequados para o seu estilo e necessidades diárias.

A bancada

O balcão é o ponto central na maioria dos projetos quando se trata de unir sala e cozinha. A chamada “ilha” delimita a transição entre os espaços, podendo ter diversos tamanhos e tipos de materiais.

 Além do estético é essencial que o modelo funcione também com a extensão do espaço da cozinha, levando em conta a quantidade de pessoas que irão utilizar, para quais atividades e o espaço de circulação necessário para máximo conforto.  

Portanto, a bancada surge como um elemento multifuncional, seja um espaço para refeições e coquetéis, seja para cozinhar ou um local onde as pessoas se interagir entre sim e com o preparo dos alimentos. 

Sala e cozinha

Optar por fazer sua cozinha e sala conjugadas oferece a possibilidade de integrar dois dos ambientes mais utilizados no dia a dia. Cozinhar deixou de ser uma tarefa doméstica obrigatória e se tornou algo casual, divertido e compartilhado por todos, como consequência a meia parede (ou sua não presença) permite a integração e interação, conferindo aos dois ambientes novas funções.

É importante que o ambiente seja agradável, bonito e bem funcional, a presença da meia parede , por exemplo, permite manter os espaços fechados ou interligados, ao seu gosto, evitar que o cheiro da preparação de refeições vaze para outros ambientes e ainda serve como transição decorativa entre os espaços. Uma forma de valorizar a sala é promover a cozinha como área social.

A decoração

Eletrodomésticos, revestimentos, armários, bancadas, cores, mesas e decorações devem ser bem planejados, tendo em mente  praticidade, custo-benefício, durabilidade e, claro, estética.

Delimitar a transição entre os espaços é importante, mesmo que a decoração escolhida seja um tema contínuo. Os estilos aplicados em cada espaço podem seguir a mesma linha ou comunicarem-se entre si harmonicamente, mesmo com decorações distintas nos dois ambientes, assim fica até mais fácil dividi-los. 

A escolha da iluminação e dos pisos também são fatores cruciais, contribuindo com a sensação de amplitude do ambiente e deixando o visual na medida certa dentro do que você deseja. 

Invista em uma boa iluminação para deixar o local mais amplo e lembre-se de que a luz natural é sempre uma opção gratuita e bonita. A iluminação artificial também é um ótimo instrumento se usada de forma setorizada, ou seja, pensadas espacialmente e separadamentes para a área da sala e  para a cozinha, mesmo que estejam integradas,  distribuindo melhor a luz pelos ambientes. 

Para aumentar a ideia de integração entre os espaços, o piso é um fator que ajuda nessa missão. Usar materiais parecidos propaga uma sensação de continuidade e grandeza. 

Vale lembrar que móveis planejados são sempre uma boa pedida para ambientes conjuntos e que seguindo esses quatro pontos básicos a sua casa fica do seu jeito e com muito estilo: 

1.Cor para dividir ou para maximizar seu ambiente 

2. Delimitar o espaço para cada ambiente

3. Invista nos objetos de “separação”

4. Crie barreiras sem precisar quebrar construir uma parede

Gostou? Vem para Portomar que a gente tem o imóvel perfeito para você!

Rooftop, tendência que veio para ficar

Imagina poder unir uma vida cosmopolita com uma vista da praia e lazer para o dia a dia?

Rooftop significa aproveitamento: o terraço da cobertura dos edifícios se torna espaço de vivência e lazer com vista privilegiada. A prática surgiu em grandes metrópoles, como Nova York, e aos poucos conquistou arquitetos e moradores não com a possibilidade de apreciar a beleza ao ar livre, sem abrir mão do conforto e segurança. Hoje, é tendência mundial e lar das áreas de lazer dos melhores empreendimentos, de comemorações importantes a simplesmente passar um tempo relaxando enquanto aprecia a paisagem da cidade, esse espaço é perfeito para ser curtido em família, entre amigos e até mesmo sozinho.

Vantagens e mais vantagens

Luz natural, livre circulação, áreas de convívio, amplitude ao espaço, temperatura agradável o ano inteiro, paisagens paradisíacas, refúgio para a agitação da cidade e paisagismo são apenas alguns dos muitos prazeres oferecidos. Proporcionar uma experiência única de lazer e relaxamento é sem dúvida o ponto alto dessa tendência.

Esses ambientes são ideais para desopilar, aprofundar laços familiares e até mesmo para socializar com os vizinhos e amigos. Tudo isso ao ar livre, com conforto e vista para praia e cidade. Em edifícios com rooftops, os happy hours ou comemorações são muito mais bonitos e tranquilos, é possível usufruir cada momento ao máximo com toda certeza de segurança, sofisticação, aconchego e uma vista memorável.

Rooftop do Lacqua

Além de tudo isso, os rooftops são pensados especialmente para promover bem-estar independente do clima, com materiais resistente aos fenômenos da natureza como chuva, sol ou maresia, cada detalhe é escolhido para ser útil em atividades de lazer, mas também para relaxamento, descanso e beleza. Um rooftop é um espaço para se desligar do mundo sem precisar ir muito longe, aproveitando todo charme natural do mundo ao redor e oferecendo mais qualidade de vida.

Sky lounge – Lacqua

Na Portomar, é isso que significa ter um rooftop! O Porto Mirante e o L’acqua são a prova de que uma área de lazer com vista privilgiada é um convite para relaxar com segurança.

Gostou da ideia? Então a Portomar tem o lugar perfeito para você! Entrar em contato com a gente e vem viver esse sonho.